LOGO.png

Coleção Pindorama

A Coleção Pindorama de Estudos Decoloniais tem como objetivo publicar obras de autores decoloniais e pós-coloniais.

     O pressuposto comum do decolonialismo e do pós-colonialismo é o de que vivemos uma realidade geopolítica marcada pela violência epistêmica e pelo colonialismo discursivo dos países do Norte Global. Entendemos que a produção de conhecimento é afetada pela divisão internacional do trabalho e pelo capitalismo global de tal maneira que países do Sul Global marcados por um passado colonial acabam sendo englobados em uma universalidade das ciências produzidas no Norte global. Nossa realidade social é marcada pela invisibilização e silenciamento dos subalternos, o subproletariado urbano e camponeses expulsos de suas terras pelo agronegócio, os dissidentes sexuais e os corpos racializados.

     Entendemos que a coleção irá suprir uma lacuna, visto que apesar de os estudos pós-coloniais terem alguma inserção no mercado editorial brasileiro, o dos estudos decoloniais é relativamente desconhecido.

     Almejamos mostrar a história não contada sobre a experiência e história dos povos racializados e submetidos ao racismo de assimilação.

Caroline Izidoro Marim
Susana de Castro

Volume 1
Volume 1

press to zoom
Volume 1
Volume 1

press to zoom
1/1
prancha 4.png
capa4.jpg

VOLUME 1
Estudos em decolonialidade e gênero

O primeiro volume e reúne textos de pesquisadoras e pesquisadores brasileiras que têm como ponto comum o debate sobre a colonialidade de gênero e os problemas que cercam a decolonialidade estrita e amplamente.

 

SUMÁRIO DA EDIÇÃO

 

  1. Epistemologia e colonialidade de Gênero
    Príscila Carvalho

  2. María Lugones: Da Decolonialidade do Poder à Colonialidade do gênero
    Vivianne Botton

  3. O Sistema moderno colonial de gênero e a necessidade de um feminismo para além das categorias
    Aline Rosa

  4. O Lócus Fraturado como resistência epistêmica
    Victória Xavier

  5. Problematizando a Interseccionalidade. Ou análise da crítica de María Lugones ao conceito
    Rodrigo Ribeiro

  6. Tensionar para resistir: A resistência como missão do feminismo Descolonial
    Carlos Rocha

  7. Espelho-Reflexo, Contemplação, Percepção e Reconhecimento. Quando a mulher negra descobre a beleza de sua existência
    Andréa Nascimento

  8. Desafios da Institucionalidade no contexto da teoria decolonial: universalidade e identidade
    Marcelo Silva