R$80,00

R$64,00

2x de R$32,00 sem juros
Ver meios de pagamento
Entregas para o CEP: Alterar CEP
Meios de envio
Descrição

Este livro trata do Movimento da Literatura Marginal de São Paulo e de suas expressividades políticas e poéticas. O objetivo é examinar as dinâmicas dos saraus que permitem a emergência de novos/as escritores/as que se autodenominam “marginais”, assim como a produção de objetos literários a partir dos vínculos que os/as agentes estabelecem com espaços periféricos. Para tanto, o autor percorre três motes. Primeiro, reflete sobre o trabalho de campo como exercício de epistemologia na produção do conhecimento sociológico. Em seguida, verifica quais arranjos têm sido costurados para que agentes e coletivos formatem um novo movimento cultural urbano, percorrendo tradições que, de um lado, influenciaram a sociogênese dos saraus como espaços de criação literária e, de outro, serviram para provocar distanciamentos em seu processo formativo. Por fim, analisa como agentes literários/as, em suas narrativas e performances, problematizam as periferias, locais onde vivem e a partir dos quais atuam culturalmente. Para o autor, é em virtude das oportunidades geradas pelos saraus que agentes engendram espaços possíveis para combater estigmas, reverter ausências, repertoriar saberes, estruturar sentimentos, catalisar vivências e dinamizar suas práticas nas margens da cidade. A partir do uso da palavra – escrita e oralizada –, o Movimento Marginal transforma a literatura em plataforma de exercício da cidadania cultural.

 

Editora: Ape'Ku Editora

ISBN: 978-65-86657-33-3

Ano de edição: 2020

Distribuidora: Ape'Ku Editora

Número de páginas: 364

Formato do livro: 16 x 23 cm

Número da edição: 1