R$90,00

R$63,00

2x de R$31,50 sem juros
Ver meios de pagamento
Entregas para o CEP: Alterar CEP
Meios de envio
Descrição

Beleza e formação nas Cartas de Nietzsche. Enock da Silva analisa, com uma linguagem clara e rigorosa, as cartas que Nietzsche dirigiu a diversos interlocutores, principalmente nos seus anos de juventude, prévias à escrita de Assim falou Zaratustra, assim como algumas correspondências posteriores à elaboração desse livro marcante na sua obra. Vemos surgir um Nietzsche mais íntimo, mais cotidiano, que partilha suas alegrias, dores e angústias com sua mãe, sua irmã, seus amigos, seus editores e até com seus desafetos. Aparece até o Nietzsche nostálgico e afetivo e, às vezes, surge o filósofo polemista, beligerante e crítico de uma época que julga decadente e medíocre. Enock detecta nesse corpus de cartas uma importante intenção artística e pedagógica, mesmo que não explicitada claramente pelo pensador. Nas missivas, a preocupação pela cultura e pela formação do povo é permanente; a relevância da arte em toda formação, em todo processo educativo permeiam inúmeras missivas nietzschianas. Assim, neste livro sobre as cartas vemos surgir, para além do profundo filósofo, renovador do pensamento ocidental, o amante da arte e da educação, o filho e o irmão afetuoso, o amante ferido e despeitado pela “inacessível” Lou, o cidadão preocupado e principalmente o homem Nietzsche. Enock nos mostra, na minuciosa leitura de suas cartas, um ser humano sensível, solitário, mas intenso e visceral, realizando uma verdadeira “genealogia do genealogista”.

Miguel Angel de Barrenechea (Prof. Titular de Filosofia da Unirio)

 

Editora: Ape'Ku Editora

ISBN: 978-65-86657-63-0

Ano de edição: 2021

Distribuidora: Ape'Ku Editora

Número de páginas: 302

Formato do livro: 16 x 23 cm

Número da edição: 1